Visando presidência, Cristovam Buarque pode deixar cargo a acusado de abuso

Ajude a manter o site no ar

Banner Delegado Federal 728x90 facaumadoacao


Cristovam Buarque disputa com Luciano Huck preferência do partido para as eleições (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) deve conversar nos próximos dias com o suplente dele, Wilmar Lacerda (PT-DF), sobre a possibilidade de se licenciar do cargo para concorrer à presidência da República.



O assunto, porém, é polêmico já que Wilmar, substituto de Cristovam no Senado Federal, é acusado de abuso sexual praticado contra uma adolescente menor de idade.

Cristovam não quis comentar o assunto em específico, mas estuda não deixar a Casa a depender do andamento das investigações contra o suplente. Ele ressaltou, no entanto, que quer muito ser candidato ao Planalto pelo PPS.



A BandNews FM não conseguiu contato com Wilmar Lacerda, que já foi secretário de administração pública do Distrito Federal.

A outros veículos de imprensa da capital, o suplente de Cristovam negou as acusações de troca de favores por sexo, embora tenha confirmado o relacionamento com a garota.



Disputa com Huck

O problema é que, além de lidar com o problema do suplente, o senador ainda não é unanimidade no partido: a briga será travada com o apresentador de TV, Luciano Huck, que está sendo sondado pela legenda para se candidatar.

De qualquer forma, Cristovam afirma que se o nome dele não for consenso, partirá para a disputa interna.

Fonte: Band.com.br


Publicidade

JPG Genérico 468x60