“O Processo”, documentário sobre o golpe que tirou Dilma, é pré-indicado ao Oscar

Brasília - A presidenta afastada Dilma Rousseff faz sua defesa durante sessão de julgamento do impeachment no Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)



A produção, dirigida por Maria Augusta Ramos, está entre as 166 pré-indicadas na categoria de Melhor Documentário no Oscar 2019

Foto: Reprodução

O documentário “O Processo”, sobre golpe que decretou o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, foi classificado entre as 166 produções pré-indicadas na categoria de Melhor Documentário no Oscar 2019. O filme é dirigido por Maria Augusta Ramos e tem distribuição da Vitrine Filmes.



Outros dois documentários brasileiros também estão na lista dos pré-indicados à premiação: Nossa Chape, que relata a tragédia que envolveu a equipe de futebol da Chapecoense em um gravíssimo acidente aéreo em 2016, e Piripkura, que conta a história dos dois únicos sobreviventes dessa tribo indígenas, que vivem em uma área dominada por madeireiros e fazendeiros.

A seleção final será anunciada no dia 22 de janeiro e cinco filmes concorrerão ao prêmio, cuja cerimônia será realizada em 24 de fevereiro de 2019.


Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone

Publicidade