Gebran Neto revoga soltura de Lula


Relator da Lava Jato em segunda instância revogou o habeas corpus concedido pelo desembargador plantonista e determinou que a Polícia Federal não solte o ex-presidente Lula

Foto: Reprodução

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), divulgou na tarde deste domingo (8) um despacho em que revoga o habeas corpus concedido a Lula pelo desembargador plantonista do mesmo tribunal, Rogério Favreto.



“DETERMINO que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, escreveu o relator. O TRF4, sob a relatoria de Gebran, foi o tribunal responsável por determinar a execução da pena de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão.

Parlamentares do PT tentam ainda reverter a decisão.

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone


Publicidade