FHC diz que vota em Haddad no segundo turno, diz Catraca Livre


O ex-presidente já não acredita que Alckmin possa chegar e considera Bolsonaro uma “ameaça” à democracia

FHC. Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

De acordo com o site Catraca Livre, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) teria declarado a amigos que deve apoiar Fernando Haddad no segundo turno. FHC já não acredita que Alckmin possa chegar lá e acha ainda que o PSDB deve fazer o mesmo.


Ele deixou claro que dará o apoio a Haddad apenas no segundo turno. Até lá, ficará ao lado de Alckmin, que não teve seu apoio para ser candidato presidencial.

Apesar de não concordar em vários pontos com o PT, sobretudo com relação às reformas e à política econômica, o ex-presidente considera o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) uma “ameaça” à democracia. Ele suspeita que, com o deputado, haverá um risco autoritário permanente e crise institucional, devido à sua fragilidade de apoios no Congresso.


Existe também uma questão pessoal: o candidato do PSL chegou a dizer, em entrevista a uma emissora, que fuzilaria Fernando Henrique Cardoso, acusando-o de corrupção.

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone