“Até quando vão continuar as putarias dos juízes?”, questiona Gregório Duvivier



Em novo artigo, o ator atacou os privilégios do Judiciário: “Por que então pagamos o auxílio, já que não é pra moradia? Moro assumiu, Fux também: pra que juízes ganhem mais do que é permitido por lei. Isso foi dito por agentes da lei”.

Da Redação*

Em sua coluna desta segunda-feira (5), Gregório Duvivier fez duras críticas aos privilégios do Judiciário. Confira alguns trechos do texto:

“Revelou-se, só agora, que o juiz Sergio Moro recebe, há anos, o famoso auxílio-moradia, mesmo já tendo moradia e já tendo um salário que beira os R$ 30 mil, fora os benefícios (em dezembro passa de R$ 100 mil).



Questionado, o juiz chamou o auxílio-moradia de “compensação” porque seu salário não pode ser reajustado por causa do teto constitucional. Como é que esse povo dorme à noite? Pensando: “Não é corrupção, é compensação”.

Moro, claro, não é o único. Os três juízes do TRF-4 também recebem auxílio-moradia embora também possuam moradia, além do salário vultoso. Esse ano a gente deve gastar R$ 800 milhões só com o tal auxílio-moradia. Um dinheiro precioso num país em que tanta gente não tem onde morar.

Por que então pagamos o auxílio, já que não é pra moradia? Moro assumiu, Fux também: pra que juízes ganhem mais do que é permitido por lei. Isso foi dito por agentes da lei. Até quando essas putarias vão continuar?”.

*Com informações da Folha de S.Paulo e do Brasil 247

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/CP

Retirado do Portal Revista Fórum

 

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone



Publicidade