Associado a Lula, Haddad vai a 11% e passa Ciro em pesquisa


O ex-prefeito de São Paulo empata com Marina Silva em segundo lugar com 11%; o pedetista fica com 9%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva junto com o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Hadaad (PT-SP), em registro de encontro no Instituto Lula. Foto: Ricardo Stuckert

Uma nova pesquisa divulgada nesta quinta-feira confirma o potencial eleitoral do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad em uma eventual candidatura à presidência da República. Ele aparece em segundo lugar, com 11% das intenções de voto, quando tem o nome associado ao do ex-presidente Lula. Haddad ultrapassa o pedetista Ciro Gomes, que há pelo menos dois anos está viajando pelo país.



Neste cenário Bolsonaro (PSL) lidera com 21% das intenções de voto. Haddad e Marina empatam em segundo lugar com 11% e Ciro Gomes fica com 9% tecnicamente empatado com o petista e a ambientalista da Rede. Geraldo Alckmin alcança 8% e Àlvaro Dias 6%. Manuela Dàvila (PC do B) empata com Henrique Meirelles (2%) e Guilherme Boulos (PSOL) com João Amoedo (NOVO) (1%). A pesquisa foi realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), encomendada pela XP Investimentos entre os dias 4 e 6 de junho.

No entanto, neste cenário sem o ex-presidente Lula, o percentual mais alto é o de votos brancos, nulos e indecisos que alcançam a expressiva marca de 27% do eleitorado.



No cenário com Lula candidato, o ex-presidente ldera com 30%, dez a frente de Jair Bolsonaro. Marina Silva aparece com 10%, Geraldo Alckmin com 7%. Ciro Gomes aparece um ponto atrás do tucano, seguido de Álvaro Dias (PODEMOS) com 5%. Brancos nulos e indecisos somam 16%.

Fonte: Revista Fórum

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone


Publicidade