Ministro do Tribunal Superior Eleitoral suspende propaganda do PT com Lula


Foto: Ricardo Stuckert


Luís Felipe Salomão, ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mandou o PT suspender a divulgação de propaganda no horário eleitoral, que apresenta o ex-presidente Lula como candidato à presidência da República. Na decisão liminar (provisória), ele estipulou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento, segundo reportagem de Leandro Felipe, da Agência Brasil.



Na determinação do ministro, ele aceitou os argumentos do Partido Novo, de que a propaganda do PT descumpriu decisão do plenário do TSE, que proibiu o partido de apresentar Lula como candidato, pois ele teve sua candidatura barrada pela Justiça Eleitoral.

“As transcrições do programa de rádio veiculado não parecem deixar margem a dúvidas, no sentido de que estão sendo descumpridas as deliberações do colegiado”, escreveu Salomão.



Na propaganda eleitoral veiculada pelo PT, no sábado (1º), no áudio, a voz do locutor usou as expressões “começa agora o programa Lula presidente, Haddad vice” e “Lula é candidato a presidente, sim”, o que foi considerado determinante pelo ministrto para a suspensão da propaganda.

 

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone


Publicidade