72% dos brasileiros acham que economia piorou com Temer

Ajude a manter o site no ar

facaumadoacao


A ilegitimidade de Michel Temer e de seu governo vai acentuando a cada dia. Após divulgar uma pesquisa que aponta um índice de reprovação de 82%, o Datafolha aponta que sete a cada dez brasileiros avaliam que a situação econômica do país se deteriorou nos últimos meses.

Foto: Paulo Whitaker / REUTERS

 

De acordo com os dados, 72% dos entrevistados consideram que a situação do país piorou, contra apenas 6% que acreditam na melhora. O salto para um clima de perspectiva negativa generalizado só vem aumentando. Em abril eram 52% os que afirmavam que o país havia piorado.

Assim como na avaliação do governo, os números sobre a perspectiva negativa dos brasileiros também bateu recorde. Desde maio de 2016 o índice dos que avaliavam que a situação havia piorado estava na casa dos 60%, tendo caído para 52% no início de abril deste ano.



A pesquisa também revela que a expectativa para o futuro também não é boa. Segundo o Datafolha, diferentemente de abril, quando os que demonstravam otimismo eram numericamente superiores aos que manifestavam pessimismo, agora os que afirmam que a situação vai piorar nos próximos meses somam 32%, contra 26% dos que acreditam em melhora da economia.

Essa perspectiva negativa não é um “mau-humor” do brasileiro, mas uma percepção da realidade que vem enfrentando dese que o governo golpista de Michel Temer ocupa o poder.

Num país com mais de 13 milhões de desempregados e cujo valor do combustível aumenta quase que diariamente e o botijão de gás chega a custar R$ 70, quando os entrevistados eram questionados sobre a situação econômica pessoal, 49% dizem ter passado por retrocesso, sendo que esse índice era de 42% há dois meses. Apenas 10% declaram avanço.

Do Portal Vermelho

Baixe o aplicativo da Central da Esquerda e tenha todas as notícias da esquerda em seu Smartphone


Publicidade